domingo, 3 de abril de 2011

Malta


Chegamos ontem de Malta, estamos aqui revendo as fotos, organizando nossos arquivos pessoais e relembrando os melhores momentos.

A beleza única de Malta e diversidade de cenários 'naturais e históricos' nos rendeu perto de 1500 fotos e uma vontade louca de estender a viagem por mais uns dia(s)...

*Detalhe das 1500 fotos, 350 foram tiradas pela Lisa e algumas serão postadas aqui no blog.

Logo vamos dividir isso tudo em 4 diferentes posts:
1 - Malta
2- Valletta e as 3 cidades
3 - Marsaxlokk e Mdina
4 - Ilha de Gozo e Comino

A primeira vez que ouvi falar de Malta, foi a uns 15 anos atrás quando buscava fazer um curso de inglês no exterior e Malta aparecia como uma opção mais barata que Inglaterra e América do Norte naquela época. Confesso que mesmo o preço sendo atraente, talvez a agência não tenha me mostrado fotos ou argumentos suficientes para me convencer.

Acho que se eu tivesse de resumir Malta em uma frase eu diria que a "História de Malta quase não cabe em sua pequena extensão", devido a posição estratégica localizada entre a Europa e a África e no caminho para o Oriente Médio, Malta já foi dominada por muitos, dentre eles: Gregos, Fenícios, Romanos, Turcos, Franceses e por fim Ingleses, curiosamente todas estas dominações influenciaram a cultura, idioma, comidas e a arquitetura de Malta.

Malta também sofreu muito com a 2a guerra devido a sua posição estratégica foi a cidade mais bombardeada da Europa.

Saímos na terça feira do Aeroporto de Eindhoven, às 10:00 da manhã e pouco antes dás 13:00 pousávamos em solo Maltês. O Aeroporto de Malta me pareceu grande e completo, com Freeshop, restaurantes e diversos serviços.

Depois de nos localizarmos, nossa primeira missão foi localizar o ônibus que nos levaria do Aeroporto até a cidade de Valletta. (O ponto de ônibus fica ao lado direito da saída do aeroporto a passagem custa 47 centavos de Euro).





Com relação ao ônibus, garanto que não vai ser nada difícil identifica-los, a maioria dos ônibus de Malta são dos anos 50, estilosos, pintados com cores fortes e chamativas e meio barulhentos, confesso que nas quase 30 viagens de ônibus que fizemos, não vimos nenhum ônibus quebrado ou envolvido em acidentes, além disso ao menos durante o dia não ficamos aguardando ônibus por mais de 10 minutos no ponto.





A opção por utilizar ônibus e andar a pé foi uma escolha nossa, primeiro por não estarmos acostumados a dirigir na mão inglesa, mas também estávamos cientes da eficiência e da "peculiaridade" dos ônibus locais, mas além disso também estavam em nossos planos, utilizar barcos e o Ferry Boat (Balsa). O preço do aluguel de carros em Malta é relativamente barato em comparação a outros países da Europa e o mesmo vale para a Gasolina.

Por outro lado, os ônibus também são super baratos, como disse, €0,47 por viagem, porém existe ainda a opção de adquirir os passes diários (€3,50), 3 dias (€9.32), 5 dias (€11.65) e 7 dias (€13.98).

Atualizado(2014): Em 2012, Malta renovou a frota de ônibus e infelizmente esses ônibus super estilosos foram todos substituídos.



Embora já tivéssemos lido bastante sobre Malta em outros blogs e em sites locais (Malta tem o inglês como segunda língua oficial), optamos por adquirir um guia em papel, mais para termos um suporte quanto aos melhores passeios e quanto tempo dedicar a cada passeio, nosso roteiro de Malta ficou o assim:

1o dia - Chegada em Malta, estabelecimento no Hotel e passeio curto por Sliema.
2o dia - Visita guiada a Ilha de Gozo ao Norte da Ilha de Malta.
3o dia - Visita a Mdina e Vittoriosa (agora chamada de Birgu).
4o dia - Visita a vila de pescadores em Marsaxlokk pela manhã e a Capital Valletta a tarde.

Escolhemos o Hotel Bay View localizado em Sliema, um Hotel simples, 3 estrelas, renovado, super limpo e como o próprio nome indica com uma ótima vista da baia e da ilha de Manoel (abaixo a vista do hotel).






Em Sliema, passeamos pela baia e andamos cerca de 2,5km até a orla costeira aonde pudemos aproveitar a visão privilégiada do oceano e também de Valletta com as torres da catedral de São Paulo e a a cúpula da igreja das carmelitas ao fundo.



Bom, por hoje é só pessoal, no próximo post Valletta e as 3 cidades.

Leia também:


8 comentários:

gisellemorais disse...

Estou começando a viajar junto..está ótimo...e as paisagens que beleza!! Fico a esperar....bjos

Rita&Theo disse...

Que viagem mais gostosa hein?! Bem vindos de volta a Eindhoven ! Gostamos das fotos, todos lindos! bjs, Rita&Theo

Ingrid Souza disse...

Excelente dica, eu sempre quis ir pra Malta e Gibraltar por conta das maravilhas que ouvi de amigos, tenho até os roteiros prontos, tudo bonitinho mas chegava na hora ou faltava companhia ou as passagens estavam caras demais e os planos acabavam mais uma vez na gaveta, dessa vez companhia não falta, agora é só correr me organizar direitinho.

Quem sabe no próximo verão! =)

Beijão e aguardamos os proximos posts.

Rose e Lisa disse...

Ingrid,

tem voos da Ryanair saindo aqui de Eindhoven para Malta, são apenas 3 horas e é baratinho, vale a pena, mas 4 dias não deu para nada, a próxima vez quero ficar no mínimo 1 semana.

bjs

Cris Bogers disse...

Nossa, que maravilha essa viagem heim !!
Fiquei aqui viajando.
As fotos estão lindas, a Lisa arrasou como modelo, e os pais com mini vakantie merecidas !

Realmente, Malta não pode faltar no meu roteiro de viagem.

Adorei as dicas.
Só estou na curiosidade da Ilha de Gozo !! kkkkk

Bjs pra familia que ta crescendo.

josanemary disse...

Oi, Rose, tudo certinho?
Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha! Que tudo esteja 100% com você(s)! As fotos são lindas! Parabéns!

Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000 e fui estudar na Harvard, onde estudei até 2002. Desde 2003, moro aqui na Holanda - sou casada com um holandes.
O choque cultural existe e acaba sendo benéfico - de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!

Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual, que é: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

E será uma outra alegria, se quiser ler o prefácio do meu livro: Mevrouw Jane (o prefácio não foi feito por mim, mas por um outro escritor, um já reconhecido no mundo literário). Se gostar – ou não - por favor, deixe um comentário; vou adorar ler a sua opinião!

Tenha um ótimo dia!
Grande abraço.
Josane Mary

Anderson e Rose disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anderson e Rose disse...

Olá Josane e muito obrigado pela visita ao nosso blog.

Parabéns pelo livro e principalmente pelas realizações.

Sucesso e um grande abraço!