terça-feira, 12 de abril de 2011

Malta: MDina e Maksaloxx

Mdina
 
Situada no centro da Ilha de Malta, Mdina é antiga Capital de Malta, a cidade foi possivelmente habitada e recebeu suas fortificações iniciais, por volta no ano 700AC.

Durante o Império Romano, Malta recebeu grande atenção dos Romanos e Mdina foi o local escolhido para hospedar o Governador Romano em Malta.

Muitos anos mais tarde, com a chegada dos Cavaleiros da Ordem de São João, Igrejas, palácios e obras de proteção foram feitas no local e lá se mantém até hoje.

Algumas lendas de Malta ainda contam que o apóstolo Paulo morou em Mdina após seu barco ter afundado próximo a Malta.

Enfim, mais uma vez é muita história e muita coisa para se ver num país tão pequeno e bonito.

 


Mdina é realmente muito bonita e eu diria uma das minhas recomendações para seu roteiro em Malta, foi lá que além de todos os passeios e visitas também fizemos uma parada para hora da brincadeira, existe um lindo parquinho com escorregadores, balanças e muitas crianças bem na entrada de Mdina e foi lá que a Dna Lisa curtiu um pouco da parte mais interessante do passeio, e não foi só para ela.




Por lá também aproveitamos para nos hidratar e comer alguns petiscos, para quem viaja com criança é fundamental lembrar que muitas vezes os pequenos não estão entendendo nada daquela coisa histórica e arquitetural e o que eles querem mesmo é brincar e se divertir, falando nisso é comum ver em Malta parquinhos, geralmente próximos das áreas mais residenciais.




Em Mdina almoçamos em um restaurante lotado na parte traseira da fortificação e com uma bela visão pelos campos e outras cidades até o Mar, sobre a comida não posso dizer nada em especial, mas a vista vale a pena!
A dica em MDina é realmente passear pela citadela subir no alto das muralhas e com certeza tirar muitas fotos. Mais uma vez, muita atenção ao Sol pois os corredores são bem estreitos e você vai precisar de muita luz para tirar boas fotos.




 Marsaxlokk


Marsaxlokk é um povoado de pescadores localizado na parte sudoeste de Malta. Com uma população de apenas 3.205 pessoas, o nome Marsaxlokk vem de marsa, que significa "porto" e xlokk, que significa "sudoeste" em maltês.

Foi nesta baia onde os primeiros fenícios se assentaram e estabeleceram seus comércios durante o século IX A.C.


Fiquei apaixonado por Marsaxlokk logo que vi as primeiras fotos do lugar, aquela baia com os barquinhos azuis ao fundo é demais, tanto é que foi um dos primeiros pontos a serem incluídos em nosso roteiro.






 

 Lá também existe uma feirinha de  artesanato e lembranças de Malta, os preços são mais baratos que em Valletta e outros locais que visitamos, também é um ótimo local para se comer um peixinho fresco com preço bastante convidativo e uma "vista maravilhosa".





Chegar em Marsaxlokk é super fácil, o vilarejo está a 35 minutos de ônibus de Valletta através da linha número 27.

Maksaloxx é o tipo de lugar que parece parado no tempo.


Nota: Foto dos 3 tiozinhos no barco - Créditos: Lisa



Já está convencido a dar um pulinho em Malta ?

Que tal dar uma olhadinha nas opções de Hotéis disponíveis por lá?


Leia também:

Um comentário:

Holandesa disse...

As fotos estão 'pai d'égua' como se diz em Belém! :)
Agora, manda esse teu marido pegar um sol ou apagar a luz! hahaha!