domingo, 29 de julho de 2012

Perdidos em Estocolmo - Parte Final - Museu Vasa (Vasamuseet)


Visão superior do convés.



Vasa ou Wasa, foi um navio de guerra Suéco, construído entre 1626 e 1628, devido a parte superior do navio ser muito mais pesada do que seu lastro, o Vasa acabou afundando com toda sua tripulação e carga em 10 de Agosto de 1628 a menos de 2km de seu ponto de partida em sua viagem de inauguração.

O Vasa foi localizado nas profundesas dos Mar Báltico em 1950 e trazido a superficie através de uma gigantesca operação de resgate, trazendo a tona, milhares de artefatos da época e restos mortais bem preservados de boa parte de sua tripulação.



Vista Frontal.


Como o Vasa representava a vontade do Rei Gustavus Adolphus em expandir o território e influência Sueca, não foram feitas economias em armamento e decoração do Navio.


Visão lateral do navio.

Replica do Vasa em tamanho reduzido.




Miniatura do Vasa e comparação a outros barcos menores.

O Museu Vasa foi construído em torno do Navio, os arqueólogos fizeram um trabalho fantástico, reconstruindo cenários e costumes da época numa riqueza de detalhes impressionante.

Se você se interessa por história, navios ou está mesmo afim a investir 2 horas em uma atividade bem legal em Estocolmo, recomendo uma visita ao Museu Vasa.


Demonstração em corte do lastro do Vasa.

Imagem projetada da parte traseira e brasões do Vasa.




Representação em miniatura dos deck's e as atividades exercidas no navio.


Para mais informações, visite o site do Museu http://www.vasamuseet.se/en


Valor das entradas:
Adultos:  110SEK (~10 Euros)
Estudantes: 80SEK (~8 Euros)
Crianças e Adolescentes de 0 à 18 anos: Entrada gratuíta.


Para mais informações sobre o Naufrágio e Resgate do Vasa, existem  dois websites com informações detalhadas: http://www.bruzelius.info/Nautica/Ships/War/SE/Wasa(1627).html

Termina aqui nosso post sobre Estocolmo, um lugar lindo que com certeza nos cativou e que um dia com certeza voltaremos a visitar, será essa vontade a "sindrome de estocolmo"?


Leia também:


           Malta: Valletta e as 3 cidades           









 Malta, Mdina e Maksaloxx                                        








 Roteiro de 1 dia por Amsterdam                      



















segunda-feira, 16 de julho de 2012

Perdidos em Estocolmo - Parte 2 - Roteiro

Estocolmo é uma capital relativamente pequena, logo, nosso plano inicial foi fazer tudo andando, bem como utilizar o transporte público, que por acaso é bom, barato, fácil de entender é rápido... 

Peraí peraí, antes de prosseguir, você já leu a primeira parte deste post? Estocolmo Parte 1

No primeiro dia exploramos a pé toda a Cidade Velha (Ganla Stan) saímos da estação central e fomos a pé até o palácio real, passando pelo Congresso (Riksdag) saímos na Västerlånggatan, uma rua comercial com vários prédios do século 13 e algumas vielinhas muito charmosas, caminhamos bastante por lá e em seguida passamos na Stortoget, Museu do Prêmio Nobel, Cais, Igreja de St. Jacob, Museu Nacional,  Grande Hotel e é claro o Palácio Real.

Ponte entre a Strömgatan e a Norrbro atrás do congresso Suéco.

Västerlånggatan

Västerlånggatan
Vasterlanggatan 
Västerlånggatan


Próximo ao cais de Slussen conseguimos ver embarcações enormes, em sua grande parte Navios de Cruzeiro, existem várias opções interessantes de cruzeiros saindo e chegando de Estocolmo, ficamos sabendo de cruzeiros de 1 ou 2 dias de Estocolmo até a Helsinque (Finlândia) e de Estocolmo até São Petersburgo (Russia).O site da Viking Line tem mais informações.
Cruzeiro Estocolmo - Helsinque
Cais de Slussen ( Slussen  kajen)
Cais de Slussen ( Slussen  kajen)

Slussen kajen

Grand Hotel visto do Cais Slussen
Além dos cruzeiros, existem ainda vários Ferry boats (Balsas) que funcionam como ônibus conectando Estocolmo a uma dezena de outras ilhas.

Fila de ciclistas em um semáforo próximo ao Palácio Real. 

Calor de 26 Graus... não precisa dizer mais nada.

Mapa - Guided Tour
Depois de um dia inteiro com Sol escaldante andando por Estocolmo no segundo dia optamos por fazer o passeio utilizando um ônibus de 2 andares o que com certeza foi a melhor opção pensando principalmente no conforto das pequeninas.

O tour de ônibus passa por praticamente todos os pontos turísticos da cidade, com exceção da Ganla Stan (Cidade Velha) que não permite o tráfego de automóveis em grande parte de suas ruas, e essa você não pode deixar de visitar.

Estocolmo - City Town Hall (Preferitura) - Courtesy Arild Vågen CC3.0 


Vista do City Town Hall (prefeitura)

City Town Hall
É na prefeitura de Estocolmo que são realizados os jantares de Gala do Prêmio Nobel, mais precisamente dentro da sala dourada (Golden Room), infelizmente durante a nossa visita a Golden Room não estava aberta para visitação, mas por se tratar de um salão gigantesco nas dimensões de um supermercado médio, sem dúvida nenhuma merece uma visita.

Golden Room - Coutesy  Holger.Ellgaard CC 3.0
Vista do City Town Hall (prefeitura)

Pequeno cais localizado atrás da prefeitura.

A Ilha de Djurgården 
me pareceu a área mais tranquila e arborizada de Estocolmo, contando com vários parques, museus (Skansen, Nordica, Vasa e Museu de Biologia) e restaurantes. Essa parte de Estocolmo é linda e com certeza merece uma visita, no próximo post falaremos sobre o Museu Vasa e sobre e sobre a incrível experiência que tivemos por lá.
Djurgården 
Djurgården 

Djurgården  - Museu Nordica 


Mapa Ilustrado de Estocolmo

Djurgården 

Djurgården 

Djurgården - Entrada do parque público


quinta-feira, 12 de julho de 2012

Perdidos em Estocolmo - Parte 1 - Transporte e Hospedagem



Acredito que todo mundo tem, em algum lugar ou mesmo na cabeça uma listinha com todos os lugares que tem vontade de conhecer... Bem, conosco não é nada diferente, temos uma listinha enorme e é claro na medida do possível tentamos prioriza-la.

Com o orçamento das viagens bem apertado este ano, optamos por fazer o melhor possível utilizando os recursos existentes, e deu super certo.

Um dos exemplos foi nossa viagem de 2 dias para Estocolmo na Suécia, voamos de Ryanair, partindo do Aeroporto de Eindhoven (que falando nisso está em expansão) com destino ao Aeroporto Stockholm Skavsta localizado a cerca de 100km do centro de Estocolmo. Achamos uma mega super promoção e viajamos os 4 por pouco menos de 120 Euros, claro que antes de fechar a passagem sempre damos uma olhadinha no Booking ou no Hotels Combined para checar o preço de hotéis que lá pela Escandinávia não são nada baratos.

Uma vez que o Aeroporto fica distante do centro de Estocolmo, pesquisamos antes e encontramos a companhia Flygbussarna de ônibus que faz o trajeto do Aeroporto Skavsta até o centro de Estocolmo, compramos a passagem de ônibus via internet. O ponto de ônibus fica bem na saída do Aeroporto, não tem erro (Crianças não pagam).

Com relação ao Hotel, a sorte estava do nosso lado e encontramos um hotel novo, recém inaugurado da rede Omena hotéis localizado a menos de 15 minutos de caminhada da estação central de Estocolmo, detalhe com um precinho também promocional de inauguração de 50 euros por dia, beleza.



O Hotel é bonzinho, tem classificação 3 estrelas, logo não muito o que esperar além do básico é claro, porém existe um detalhe interessante, o Hotel não possui recepção, ao se registrar pela internet eles avisam que 24 horas antes do inicio da sua hospedagem você receberá um código através de SMS, este código é sua chave para entrar no Hotel e posteriormente no seu quarto.

Realmente 1 dia antes da nossa estadia recebemos o código por e-mail e também em nosso telefone celular,  mais tarde conferimos que todo o acesso ao Hotel, aos andares e aos quartos era realmente controlado por este código (individual).



O quarto era realmente bem simples, uma cama novinha, LED TV, 2 sofás reversíveis em camas de solteiro e microondas, frigobar e aquecedor de água, ótimos para quem está viajando com crianças.







Leia também:














De Eindhoven para o mundo                           

Não muito além de Amsterdam - Haarlem 










http://perdidos-em-eindhoven.blogspot.nl/2012/05/carcassonne-sul-da-franca.html
Cidade Medieval de Carcassonne - França 












  Ilha de Malta e Gozo