sábado, 12 de maio de 2012

Carcassonne - Sul da França

Vila de Carcassonne - Fonte: Gnu Art (GPL LICENSE)
Embora o post seja novo, a viagem é um pouco antiga, estivemos em Carcassonne em 2006 e simplesmente  nos apaixonamos pelo lugar, a localização, o castelo bem conservado e toda a atmosfera medieval do lugar nos cativaram de tal maneira que acabamos por estender nossa estadia de 1 para 3 dias e aproveitamos muito!



Carcassonne está localizada na região de Languedoc-Roussillon no Sul da França, a cerca de 150km da fronteira com a Espanha e a mesma distância do principado de Andorra.

Encontrada praticamente abandonada por turistas ingleses no final do século 19 e utilizada como campo de prisioneiros durante a segunda guerra mundia a vila de Carcassonne e seu Castelo são um dos mais bem preservados da Europa.

A história de Carcassonne começa a ser contada a partir do século IV AC, através do povo Celta, depois  Romanos, Visigodos, Sarracenos e Cátaros. Sua posição privilégiada na rota entre o Mediterrâneo e o Oceano Atlântico, e sua proximidade estratégica dos Pirineus tornou Carcassonne palco de grandes conflitos tais como a guerra dos cem anos.  

Apesar de todos estes infortúnios, os rastros e heranças de todas as civilizações que passaram por Carcassonne apenas serviram para enriquecer a história do lugar. Em 1997 Carcassonne foi nomeada pela UNESCO patrimônio mundial da humanidade .

Vista da janela do nosso quarto de hotel.

Existem várias opções de estádia dentro e fora das muralhas de Carcassonne, em nossa estádia ficamos no Hotel - Interhotel Espace Cite localizado do lado de fora das muralhas mas com uma vista excelente  (veja a foto acima) . 

O hotel possui classificação 2 estrelas, quartos pequenos muito parecidos com os da rede IBIS e um café da manhã estilo Albergue da Juventude, a estadia foi ótima e não nos recordamos de nenhum ponto negativo, o hotel fica localizado a pouco mais de 100 metros de uma das entradas da cité de Carcassonne.

Próximo ao hotel existem várias opções de restaurantes (inclusive dentro das muralhas), lavanderias e mercados.



Vista da janela do quarto do hotel durante o dia.
Se você é um apaixonado por castelos e obras do período medieval, prepare suas pernas, pois tem muita coisa para se ver dentro das muralhas, são muros, calabouços, pontes, torres, igrejas, museus, lojas de espadas e artigos medievais e muito mais.

A possibilidade de cenários e assuntos para fotos também é incrível, tanto durante o dia quanto a noite. 




Entre as muralhas e o castelo de Carcassonne.
Vista - Muralhas externas (clique na imagem para amplia-la).

clique na imagem para amplia-la.



Adentrando o castelo.



Vista do pátio a partir do museu do castelo.


Primeira linha de defesa do Castelo.



Hotéis, lojas e restaurantes localizados dentro das muralhas.







Visitamos Carcassonne em meados de Dezembro, feliz ou infelizmente aquele foi um ano quente na Europa e pudemos andar pelas ruas apenas com algumas roupas leves. Devido a proximidade do Natal, grande parte das ruas e lojas estavam com apropriadamente decoradas. Pelas ruas de Carcassonne é comum ver atores com trajes típicos do século 14, e é claro por estarmos em Dezembro não poderia faltar o um Papai Noel.




Cavaleiros medievais e suas espadas.

Pátio do interior do castelo.
-->

Já fizemos vários passeios por vários castelos e a maioria deles possui museus com objetos da época, pinturas, esculturas, ferramentas, armas, enfim, o museu de Carcassonne não me chamou muito a atenção pelos objetos em si, mas pela arquitetura e preservação do local, logo  recomendo.


Torres de proteção com fendas usadas pelos guardas e arqueiros.


Torres de proteção por dentro.

Tumulo - Museu do Castelo.





Informações sobre a ferramentas e armas da época.

E mais escadas...
Bom... nem tudo aqui é do século 13...

Nem tudo mesmo..


Vista das muralhas intermediárias.




É possível andar pelos corredores ou ruas das muralhas intermediárias, subir em algumas das torres e nas próprias muralhas.




Quanto tempo ficar em Carcassonne? Essa é uma pergunta difícil de responder, como mencionado no inicio deste post, ficamos 3 dias em Carcassonne, acredito que tenha sido paixão a primeira vista ou algo assim, qualquer ser humano normal, com certeza ficaria um pouco menos. No geral recomendo pelo menos 1 dia inteiro para passear pela cidade dentro da muralha e castelo e mais meio dia para conhecer o centro da cidade e os arredores da muralha, de onde, acreditem também sairão lindas fotos.

Calabouço.



Como chegar:
Devido ao nosso roteiro, chegamos em Carcassonne de trem saindo de Nice (França) e depois partimos de ônibus para Barcelona na  Espanha (é possível fazer esse trajeto de trem também, mas na época os trens estavam em greve e tivemos que ir de ônibus) .

Para mais informações sobre como chegar a Carcassonne através de Trem, ônibus, Barco ou transporte público consulte o site oficial da cidade.

Existem vôos diretos saindo de Eindhoven com destino a Carcassonne, os vôos são operados pela Ryanair.






Infinitos corredores, ruas, vielas, portas...
-->


Vista da cidade fora das muralhas do castelo.
Castelo visto do centro da cidade (nova) de Carcassonne durante a noite.

Se eu voltaria a Carcassonne? Pode ter certeza!



Leia Também:

Castelo Medieval na Holanda
Amsterdam, roteiro de 1 dia
Eindhoven Lowcost Flights
Compras via Internet nos países baixos
Alpes Suiços - Interlaken

Um comentário:

Eliana disse...

Nossa, que lindo! Acho que vou ter que colocar este lugar em algum de nossos planos de viagem pra conhecer...se vcs ficaram 3 dias, vou precisar de mais hahaha eu devo ter sido alguma princesa medieval...não me canso de conhecer castelos! Afinal são encantadores, pelas construções em si e pela história que cada um tem. Feliz Dia das Mães aí pra vcs.